Differences

This shows you the differences between two versions of the page.

Link to this comparison view

Both sides previous revision Previous revision
ser300:humberto_prates_da_fonseca_alves [2007/03/22 11:45]
150.163.2.198
ser300:humberto_prates_da_fonseca_alves [2007/03/22 14:46] (current)
150.163.2.198
Line 13: Line 13:
   * Laboratório 1 – Modelagem e Criação de Bancos de Dados    * Laboratório 1 – Modelagem e Criação de Bancos de Dados 
   ​   ​
 +
  
  
 ===== Trabalho ===== ===== Trabalho =====
-  ​* **Título** ​+  
 + ​*OPÇÃO 1 DE TRABALHO: 
 + * **Título** ​
 Vulnerabilidade sociodemográfica-ambiental em São Paulo: Vulnerabilidade sociodemográfica-ambiental em São Paulo:
 uma análise das situações de cumulatividade e sobreposição espacial de problemas e riscos sociais, demográficos e ambientais uma análise das situações de cumulatividade e sobreposição espacial de problemas e riscos sociais, demográficos e ambientais
Line 30: Line 33:
 TASCHNER, S. P.; BÓGUS, L. (2000). “A cidade dos anéis: São Paulo”. In: QUEIROZ, L. C. (org.) O futuro das metrópoles:​ desigualdades e governabilidade. Rio de Janeiro: Revan/Fase. TASCHNER, S. P.; BÓGUS, L. (2000). “A cidade dos anéis: São Paulo”. In: QUEIROZ, L. C. (org.) O futuro das metrópoles:​ desigualdades e governabilidade. Rio de Janeiro: Revan/Fase.
 VILLAÇA, F. (2001). Espaço intra-urbano no Brasil. São Paulo: Nobel/​Fapesp. VILLAÇA, F. (2001). Espaço intra-urbano no Brasil. São Paulo: Nobel/​Fapesp.
 +
 +
 +*OPÇÃO 2 DE TRABALHO:
 +* **Título** ​
 +Análise preliminar das relações entre padrões de precipitação atmosférica e dinâmicas demográficas e de urbanização no Estado de São Paulo
 +
 +  * Proposta (''​link p/ o arquivo''​ ou um resumo)
 +O objetivo do trabalho é identificar e analisar possíveis associações entre os padrões de precipitação atmosférica e algumas dinâmicas demográficas e de urbanização no Estado de São Paulo, no período de 1970 a 2000.
 +A metodologia consiste na construção de um SIG que integre pontos de amostra de chuvas (com séries históricas de 1970 a 2000) com dados demográficos ao nível municipal, tais como crescimento demográfico,​ crescimento da população urbana, taxa de urbanização,​ etc. Os pontos amostrais de precipitação cobrem quase toda a superfície do estado e portanto podem ser associados aos dados demográficos ao nível municipal.
 +Em primeiro lugar, vamos gerar superfícies a partir dos pontos de precipitação e a partir dos dados demográficos por área (município). Em segundo lugar, vamos testar possíveis associações entre os dados de precipitação e os dados demográficos,​ por ponto e por superfície,​ no período 1970-2000.
 +Nossa hipótese é que a dinâmica de urbanização e crescimento populacional do Estado de São Paulo, no período 1970-2000, provocou mudanças nos padrões de precipitação atmosférica no estado, no referido período.
 +
  
   * Monografia (''​link p/ o arquivo''​)   * Monografia (''​link p/ o arquivo''​)