Differences

This shows you the differences between two versions of the page.

Link to this comparison view

ser300:comentarios_para_daniela_-_miguel [2008/04/09 20:27]
miguel created
ser300:comentarios_para_daniela_-_miguel [2008/04/09 21:01] (current)
miguel
Line 1: Line 1:
  
    Oi Daniela!    Oi Daniela!
-   O seu assunto é interessante , atual e relevante, mas lembre-se +   O seu assunto é muito interessante , atual e relevante! 
-   é só o curso , não seu trabalho ainda+   No entanto, alguns cuidados são importantes. ​O maior problema 
-   O maior problema em estudar as correlações ( ou associações ) entre dados +   em estudar as correlações ( ou associações ) entre dados 
-   ​ambientais e de saúde é como de fato estabelecr ​esta relação causal.+   ​ambientais e de saúde é como de fato estabelecer ​esta relação causal. 
 +   ​Muitos são os fatores de interferência e o controle deles dificultado. 
 +   Para isso as técnicas utilizadas são mais sofisticadas que as que veremos 
 +   em geoproc. Mas uma boa análise exploratória que ajude a discutir 
 +   o tema com certeza é possível. 
 +   Medir o //impacto// na saúde humana necessita de uma caracterização precisa  
 +   do que //impacto// signinifica neste contexto. 
 +   A sua pergunta principal creio que pode ser menos ambiciosa, porque 
 +   ​certamente será muito difícil afirmar ou mesmo ter uma forte evidência 
 +   se as emissões , elas somente são as prejudicias a saúde,  
 +   //​obervados os casos morbidade respiratória e cardiovascular,​  
 +   ​particularmente em crianças e idosos// 
 +   Ela pode ser certamente um componente, mas análise é muito mais 
 +   ​complexa neste caso, para que possamos relacionar morbidade e emissões. 
 +   Outro problema, exposição não significa necessariamente o desenvolvimento 
 +   da doença. 
 + 
 +   ​Acredito que uma boa estratégia seria você pensar em apontar  
 +   ​componentes ambientais que  possam compor a construção de uma mapa\ 
 +   de Risco Ambiental de apoio as ações de educação e informação para a  
 +   ​população em áreas de alta exposição a poluentes. 
 + 
 +   Este trabalho é auxiliar e pode ser muito inetressante na  
 +   ​composição de mapas de risco finais para a vigilâncai em saúde. 
 +   Mas neste estágio, explore uma metodologia que lide com os componentes 
 +   ​ambientais,​ caracterize como eles podem ampliar a infomação contextual 
 +   para os orgãos da Vigilância,​ com foco nas doenças respiratórias,​ somente. 
 + 
 +   Veja um trabalho muito interessante , em outra linha , de ex-aluna  
 +   do INPE, e que fez seu trabalho de geoproc na area de Piracicaba. 
 +   ​GEOTECNOLOGIAS NA ANÁLISE DE IMPACTOS SÓCIOAMBIENTAIS:​ O CASO DA  
 +   ​QUEIMA DE CANA-DE-AÇÚCAR NA REGIÃO DE PIRACICABA 
 +   ​Mariana Abrantes Giannotti 
 +   Você encontra o texto completo em:     
 +   ​http://​www.obt.inpe.br/​pgsere/​Giannotti-M-A-2001/​publicacao.pdf 
 +   Um abraço e bom trabalho! 
 +   
        
  
-   * Título provisório:​ Análise dos impactos das emissões da queima da cana-de-açúcar na saúde humana. 
-   * Descrição do problema: O Brasil tem ocupado um lugar de destaque dentre os países que mais emitem poluentes para a atmosfera em todo o mundo, principalmente devido à ocorrência de queimadas em extensas áreas do seu território. As queimadas estão associadas à atividade de desflorestamento e à agricultura e à pecuária extensiva, em especial a produção de cana-de-açúcar,​ que é uma das atividades que mais têm se expandido no país, atualmente. Apesar da grande importância econômica que assumiu para a economia nacional, especialmente devido à crescente demanda pela produção de etanol, a cultura da cana apresenta um alto potencial de impacto ambiental em decorrência da emissão de material particulado,​ gases estufa e precursores do ozônio troposférico para a atmosfera, principalmente quando praticada a queima na pré-colheita. ​ 
-   * Pergunta principal: “As emissões provenientes da queima da cana-de-açúcar na pré-colheita são prejudiciais à saúde humana?” 
-   * Premissa: O material emitido pela queima de cana-de-açúcar tem sido associado ao aumento da morbidade respiratória e cardiovascular,​ particularmente em crianças e idosos. 
-   * Hipótese: Prejuízos tem sido observados na saúde de milhares de pessoas, nas áreas próximas à ocorrência desta prática de queimada. Quanto maior a proximidade da queimada, geralmente maior será o seu efeito na saúde. Além disso, a direção e a intensidade dos ventos têm influência sobre a dispersão dos poluentes atmosféricos e, assim, sobre as áreas afetadas pela pluma proveniente do fogo. Caso os ventos predominantes dirijam-se para áreas mais densamente povoadas, um maior número de pessoas estará sujeito aos efeitos destes poluentes.